A casta portuguesa Loureiro é amplamente cultivada na região demarcada dos Vinhos Verdes, visto que adapta-se muito bem às zonas mais frias. O seu cultivo se estende da zona que circunda Braga até à costa, mas esta aclimata-se melhor na região entre os rios Lima e Cádavo de onde é originária.

Nos últimos anos, esta passou a ser considerada uma casta nobre, tornando-se atractiva para os viticultores, visto que é também uma casta branca bastante produtiva.

Os vinhos produzidos a partir desta casta apresentam uma acidez marcante, um teor alcoólico mais brado e aromas florais, minerais e frutados bastante acentuados. Note-se que podemos encontrar vinhos monovarietais produzidos com a Loureiro, porém esta é comumente loteada com as castas Trajadura e Arinto, dando origem à vinhos polivarietais de elevada qualidade.

Assinatura Natália