Na incrível região vitivinícola da Rioja (Espanha), encontramos o museu Vivanco, um ícone mundial da cultura do vinho.

Este museu foi inaugurado pelo Rei Juan Carlos I em 2004 e visa ordenar e dar sentido a 40 anos de coleccionismo da família Vivanco (desde grandes obras de artes – Picasso, Sorolla, Juan Gris, Chillida, Bareceló, Genovês, etc…-, ânforas seculares e materiais audiovisuais através dos quais os visitantes podem descobrir tudo sobre a história e o futuro do vinho).

Este espaço cultural dispõe de 4 mil m2 divididos entre 5 salas de exposição permanente e 1 sala de exposição temporária, sendo uma delas exterior, o Jardim de Baco – jardim que conta com uma ampla colecção de videiras, com mais de 220 variedades de todo o mundo.

A exposição permanente vislumbra retratar a relação do homem com o vinho ao longo de 8 mil anos de história. Tudo com o objectivo de educar, ensinar, divulgar, evidenciar o papel civilizador desta bebida e revelar o que torna o vinho tão atractivo e sedutor, inspirando diversas áreas como a literatura, o cinema, a gastronomia, a educação e a investigação.

O projecto tem um cariz universal e não se restringe à cultura do vinho espanhola. Percorre, na realidade, a história mundial do vinho desde os seus primeiros vestígios até hoje e suas distintas manifestações ao redor do globo.

Prémios

Desde a sua inauguração, o museu tem recebidos diversos prémios que reconhecem e atestam a qualidade e o relevo do trabalho desenvolvido pela Fundação Vivanco na investigação e divulgação da cultura do vinho.

Jardim de Baco

Uma reverência ao vinhedo e uma grande distinção deste museu, visto que é um espaço único!

Neste jardim, os visitantes podem se aproximar do fruto que dá origem ao vinho, conhecendo de perto as castas da sua origem botânica até às variedades mais actuais, as castas mundiais utilizadas na produção de uvas de mesa e na vinificação. Assim, têm a oportunidade de conhecer variedades autóctones do país e variedades de todo o mundo, bem como comparar variedades de vitis vinífera e híbridos.

DSC_0602

Considerado o melhor museu de vinho do mundo, este certamente é um oásis para os entusiastas do néctar dos deuses. Saímos dele com a sensação de que, olhando o passado, conseguiremos prever como serão os próximos passos no mundo vitivinícola e compreender como podemos melhorar a qualidade dos vinhos que hoje elaboramos e ainda como podemos participar activamente da construção desta história eterna.

Um passeio a não perder!

 

 

Contactos:
+34 941 322 330
 foundation@vivancowineculture.com
Carretera Nacional 232, 26330. Briones – La Rioja. Spain
Assinatura Natália