Depois do vinho do Porto ser decantado, chega o grande momento de degustá-lo. A etiqueta e a tradição determinam que o decantar deve ser repousado sobre a mesa à direita do anfitrião.
O recipiente deve rodar a mesa em sentido horário, ou seja, o anfitrião deverá passa-lo a esquerda de modo a completar um volta e assim permitir que todos os convivas possam se servir.
Essa tradição é frequentemente seguida aquando do serviço do vinho Porto Vintage, porém é muitas vezes empregue com outros estilos de vinho do Porto.
Quanto à sua origem, são muitas as interpretações, algumas longínquas e espirituosas para o hábito de passar o vinho do Porto para a esquerda.  Uma das teorias sustenta que o  costume surgiu da necessidade de manter o braço da espada livre para o caso de surgir algum contratempo.
Outra suposição é de que este costume teria originado na Marinha Real Britânica, onde a regra é “vinho do Porto a vinho do Porto”, determinando que o decanter deveria ser passado pela esquerda. É de se referir que na Marinha Real Britânica, o brinde conhecido em inglês por Royal Toast é tradicionalmente realizado com vinho do Porto e, ao contrário dos demais ramos das forças armadas britânicas, os oficiais permanecem sentados.
Todavia, o fundamento pelo qual esta tradição ainda se mantém é  que ao decanter rodar pela mesa sempre numa mesma direção, é dada a oportunidade de cada convidado se servir sem ninguém ficar esquecido. Relativamente ao sentido em que roda, optou-se pelo sentido horário pelo facto da maiorias das pessoas serem destras.
Assinatura Natália