A Argentina, segundo maior país da América do Sul em território, é conhecida por ser um país de vastas extensões de terras férteis onde encontramos diferentes climas. Neste país encantador, de pessoas simpáticas e que sabem receber bem, encontramos uma região vinhateira de expressão mundial, Mendoza.

Mendoza é uma província situada a oeste do país, no sopé da Cordilheira dos Andes, sendo a sua localização geográfica umas das principais vantagens qualitativas dos vinhos lá produzidos. As altas montanhas que compõem o seu cenário ficam cobertas de neve durante o inverno e o degelo suave que ocorre na primavera e no verão fornece água pura de elevada qualidade para o desenvolvimento da vitivinicultura na região.

O país é mundialmente conhecido pelo seu Malbec, sendo esta a sua casta emblemática. Contudo, algumas castas autóctones, como o Torrontés, também têm sido fortemente cultivadas. Desde o início da sua vitivinicultura castas tradicionais foram implementadas, tendo algumas delas se adaptado de tal forma ao seu terroir que nele alcançaram a sua maior expressão.

Neste pequeno paraíso na terra, localizada mais especificadamente na região de Luján de Cuyo, descobrimos a Dominio del Plata. Esta vinícola, fundada em 1999, é a expressão de um antigo sonho da enóloga Susana Balbo, ter a sua própria adega que lhe permitisse criar vinhos com sua própria marca.

Susana Balbo, figura importante na vitivinicultura argentina e mundial, foi a primeira mulher a formar-se em enologia na Argentina. Ao longo de mais de 30 anos de carreira, teve a oportunidade de servir como consultora em grandes vinícolas internacionais em diversas regiões, o que lhe proporcionou estar sempre na vanguarda das tendências e estilos de vinhos do mercado. No seu vasto currículo consta a colaboração com grandes vinícolas e um renomado cargo, a presidência da Wines of Argentina (sendo ela a actual presidente e esta a terceira vez que assume o cargo), tornando-se um ícone da indústria mundial do vinho.

A vinícola Dominio del Plata é evidenciada pelo seu design único e simples, sendo destinada à produção de vinhos de alta qualidade. A produção nesta vinícola segue técnicas rigorosas. Cada casta é colhida manualmente e tratada de forma especial de modo a manter toda a expressão das uvas e alcançar vinhos com estilos distintos, únicos.

Nos últimos anos Susana e sua equipa trabalharam arduamente para atender os mais altos padrões de qualidade internacionais, expressando o seu compromisso com os problemas mais importantes do século XXI: segurança alimentar, sustentabilidade e responsabilidade social corporativa. Recentemente, a Dominio del Plata foi certificada pela norma ISO 22000, o que reflecte a sua forte vontade de atender os mais altos padrões internacionais de qualidade.

A filosofia da vinícola é fundada em três pilares, assumindo um estreito compromisso com: a natureza através da implementação de práticas sustentáveis, os consumidores por meio da certificação de normas de qualidade internacionais e a comunidade local. A preocupação com o meio ambiente e com a sustentabilidade se reflecte nas suas vinhas que são cultivadas de modo sustentável, adoptando técnicas que se preocupam com o meio ambiente. Já o seu forte compromisso em adoptar as melhores práticas e se tornar um exemplo para o sector incentivou a vinícola a aderir ao Pacto Global da Organização das Nações Unidas, uma iniciativa voluntária em que as empresas se comprometem a alinhar suas operações e estratégias com dez princípios universalmente aceites em quatro áreas distintas: direitos humanos, direito laboral, meio ambiente e combate à corrupção.

O projecto está em constante expansão, o investimento em tecnologia de ponta e em infra-estrutura contribuiu para conquistar o reconhecimento internacional dos seus vinhos, propiciando o bom posicionamento destes em muitos mercados, tornando-os uns dos mais prestigiados na Argentina.

Deve-se, além disso, referir o espírito empreendedor e progressista de Susana, que levou-a a cercar-se de uma equipa jovem e dinâmica, a qual pode transmitir os seus conhecimentos adquiridos ao longo da sua vasta experiência na indústria vinhateira e a sua paixão pela inovação, permitindo elaborar vinhos capazes de agradar os paladares mais exigentes.

Foto apresentação da família
Actualmente, os filhos José e Ana juntaram-se à equipa, dando continuidade à tradição da família.

As castas cultivadas são: Malbec, Cabernet Sauvignon, Merlot, Pinot Noir, Sauvignon Blanc, Torrontés, entre outras. Nesta casa, o blending – a arte de misturar vinhos de diferentes castas, colheitas e proveniências para obter uma bebida mais equilibrada e complexa – é visto como a pedra angular da vinificação. De acordo com a Susana, o blending é a expressão máxima de um enólogo talentoso, uma forma de mostrar a sua capacidade de jogar com diferentes aromas de diferentes solos e alturas, assim como faz um pintor com a sua paleta.

Enoturismo

A Dominio del Plata oferece aos seus visitantes a possibilidade de descobrir as castas típicas da Argentina através de provas temáticas. A vinícola também dispõe de um restaurante exclusivo, o Osadía de Crear, onde poderão desfrutar uma ementa gourmet de inspiração mediterrânica e local. Se preferir refeições ligeiras, poderá se deliciar com boas opções de finger foods servidas ao ar livre no jardim da vinícola com uma vista arrebatadora para a Cordilheira dos Andes.

Em Novembro do ano passado tive a felicidade de conhecer esta vinícola in loco e adorei a experiência. As instalações são fantásticas, os valores da empresa são inspiradores e os vinhos são de alta gama (gostei imenso do Syrah – Bonarda da linha Crios e recomendo vivamente a linha Nosotros). Se tiverem oportunidade de visitar a região, esta é uma parada obrigatória.

Reservas / Contactos:

Dias de turismo: Segunda a Domingo (mediante reserva prévia).

Horários de visita: 9:30, 11:30 e 16h.

Horário de visita para almoço: 12:30 as 15:30.

turismo@dominiodelplata.com.ar

osadia@dominiodelplata.com.ar

Telefone: +54 261 4989231 / +54 154549017

Assinatura Natália