A falsificação no mundo dos vinhos acompanha a sua história, note-se que o Código de Hamurabi já previa uma pena para punir este acto.  Assim, os vinhos mais prestigiados e colecionáveis sempre foram alvos de falsificação e contravenção, pelo que não são raros os casos que nos chegam aos ouvidos.

Actualmente, o mercado conta com uma diversidade de mecanismos para evitar a falsificação,  a contrafacção e tentar assegurar a inocuidade e proveniência de um vinho. De microchips à selos com numeração em série, passando pelos códigos qr, rótulos com marca d´água e malhas. Estas últimas são tradicionalmente utilizadas na região espanhola da Rioja.

Origem

Em 1858, Camilo Hurtado de Amézaga, o então Marques de Riscal, fundou uma adega na Rioja, a emblemática Marques de Riscal. Nela ele implementou métodos de vinificação franceses que aprendeu enquanto estudou em Bordeaux, criando vinhos distintos na região, o que lhes garantiu prémios e um alto prestígio até mesmo junto à família real. Face ao sucesso, estes se tornaram colecionáveis, produto de desejo e alvo de falsificadores. No intuito de proteger a qualidade e reputação dos seus vinhos, o então Marques de Riscal inventou um mecanismo de protecção contra falsificações através da utilização de uma rede metálica de fios maleáveis para revestir a garrafa, afastando assim a possibilidade de falsificadores reutilizarem uma garrafa ou drenarem o bom vinho e substitui-lo por um de uma qualidade inferior. Se a malha que envolve a garrafa se encontrasse danificada a probabilidade de o consumidor está diante de uma falsificação era grande, devendo evitar o consumo do vinho em causa. Esta invenção foi um sucesso, de modo que outros produtores de renome da região adoptaram o uso da malha dourada, levando com que esta se tornasse um símbolo dos vinhos de qualidade daquela região (a utilização destas malhas metálicas mantém-se até hoje mais por tradição, já que agora contamos com métodos mais eficazes para intimidar as falsificações, a  exemplo dos já mencionados  microchips).

 

Assinatura Natália