Na hora de escolher vinhos para certas ocasiões ou fazer uma recomendação, é importante levarmos em consideração os gostos e preferências daqueles que irão consumir os vinhos (e no caso das recomendações, o quanto estão dispostos a investir). Quando se tratar de um evento para um grande número de pessoas cujos gostos são variados ou não conhecemos, é razoável evitar vinhos de estilos extremos, sendo preferível oferecer alternativas (branco, rosé, tinto, seco, meio-doce…), de modo a que todos fiquem bem servidos. Cada vez que tiver de escolher vinhos para uma determinada ocasião, tenha em mente que, salvo em circunstâncias determinadas, o vinho não deve ser o protagonista. Contudo, os vinhos servidos deverão ser de qualidade apropriada; para ocasiões especiais é sugestivo optarmos por  vinhos de qualidade superior. No entanto, é preferível reservar as garrafas mais especiais e raras para momentos mais íntimos, onde possam receber a atenção merecida.

Assinatura Natália