“Denominações de Origem”

53

Este é um tema controverso, muitos contestam o conceito, mas a prática nos mostra que este é um sonho de muitos produtores mundiais de vinho. O termo terroir começou a ser empregue pelos monges franceses da região da Borgonha, que acreditavam que um mesmo produtor poderia produzir vinhos bastante distintos ainda que cultivasse as mesmas castas e empregasse os mesmos processos de vinificação devido aos diferentes locais em que instalavam suas vinhas. Assim, no século XIX, na França, as vinhas começaram a ser classificadas de acordo com o seu terroir, nascendo então os “Cru” borgonheses, cultivados pelas ordens religiosas (Cistercienses e Beneditinos) até à Revolução Francesa. Este termo…

As Denominações de Origem (DO) e Indicações Geográficas (IG) são instrumentos de concorrência a serviço das empresas e que têm uma função complexa. Para além de indicar a procedência de um produto, ainda têm a função de garantir que o produto apresente determinadas características/qualidades em razão da origem (características/qualidades estas que são exigidas pelo seus respectivos cadernos de encargos ou de especificações e cuja observância é assegurada por uma entidade de controlo). De modo que estes signos geográficos são um meio de identificação dos produtos num mercado intercomunicativo, caracterizado por uma acérrima concorrência entre os produtos e por uma maior…