“DOP”

No passado 21 de Dezembro, a Comissão Europeia aprovou a primeira Denominação de Origem Protegida transfronteiriça para um vinho, a DOP “Maasvallei Limburg”. Apesar de já existirem outras Denominações de Origem transfonteiriças para produtos alimentícios ou bebidas espirituosas, esta é a primeira Denominação de Origem Protegida transfronteiriça para um vinho, representando assim uma novidade significativa para o sector vitivinícola. Esta DOP pode ser utilizada nos vinhos tintos, brancos ou rosés produzidos a partir de variedades de uva cultivadas nas duas margens do rio Mosa nas regiões belga e holandesa de Limburgo.    

Nas nossas leituras sobre vinhos encontramos recorrentemente algumas abreviaturas que nem sempre são intuitivas, pelo que destacamos aqui as principais, de modo a facilitar a compreensão dos novatos. AOC – Appellations d´Origine Contrôllé CVR –  Comissões Vitivinícolas Regionais DO – Denominação de Origem DOC –  Denominação de Origem Controlada DOP – Denominação de Origem Protegida IG –  Indicação Geográfica IVDP –  Instituto do Vinho do Douro e do Porto IVV – Instituto da Vinha e do Vinho OIV – Organização Internacional da Vinha e do Vinho RDD –  Região Demarcada do Douro