O Vale do São Francisco representa uma experiência singular no universo enológico, a viticultura do semi-árido tropical desperta curiosidade mundial, uma vez que a capacidade produtiva das videiras é determinada pelo manejo, e não pelo clima, sempre seco e quente. Cada planta gera duas safras por ano, em ciclos de 120 a 130 dias, sendo o único local no mundo onde se produz duas safras por ano de uvas de mesa e de uvas viníferas utilizadas na elaboração de sumos e vinhos. O período de repouso das vinhas é induzido pela irrigação artificial e dura de 30 a 60 dias. O solo, abastecido com…