ABout Us

Apaixonada por vinhos, acredito que as coisas boas da vida devem ser brindadas. Encontre aqui dicas do que há de melhor no mundo da vitivinicultura.

Follow Us
Newsletter

Instagram Feed
@winelicious_
Wine Tasting Notes
Recent Posts
Winelicious | Vinho da Madeira
4206
post-template-default,single,single-post,postid-4206,single-format-standard,ajax_updown,page_not_loaded,,side_area_uncovered_from_content,qode-content-sidebar-responsive,columns-4,qode-theme-ver-14.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

Vinho da Madeira

Vinho da Madeira

O vinho da Madeira é um ícone da cultura portuguesa. A sua fama já é de longa data, vem de séculos atrás, quando na expansão marítima ficou conhecido além fronteiras. O seu método de elaboração é semelhante ao dos vinhos brancos em que não há contacto com as películas. Neste processo, depois da fermentação é acrescido álcool vínico e então o líquido é submetido ao envelhecimento precoce.

Actualmente, apesar de existirem outras castas recomendadas e autorizadas, as variedades mais utilizadas na produção deste vinho são: Sercial, Verdelho, Boal, Malvasia, Terrantez e Tinta Negra. Atente-se ao facto dos diversos tipos de vinho da Madeira estarem directamente relacionados aos tipos de castas empregues na sua elaboração e que estes são classificados consoante o grau de doçura, a saber:

Sercial – seco | Verdelho – meio-seco | Boal – meio-doce | Malvasia – doce

Já na classificação em relação às designações tradicionais, encontramos os seguintes termos:

Rainwater | Solera | Fino | Seleccionado | Reserva Extra |Reserva Velha |Canteiro | Com indicação de Idade | Colheita e Frasqueira ou Garrafeira.

Harmonização

Os vinhos da Madeira conjugam muito bem com doces conventuais e queijos de pasta dura. Lembre-se que ste deverá ser servido à temperatura de 12ºC.

Curiosidade 

Na época das grandes navegações, a passagem por diferentes climas e latitudes, bem como a exposição ao balanço das embarcações, os vinhos conheceram um envelhecimento precoce, uma descoberta feliz do acaso, uma vez que naquele tempo o envelhecimento dos vinhos demorava anos. Esta descoberta veio dar origem aos dois métodos utilizados nos dias de hoje para a elaboração do vinho da Madeira: o método de canteiro, em que as pipas são alocadas nos sótãos dos armazéns para ficarem expostos às altas temperaturas e o método da estufagem, em que o envelhecimento é feito por processo que faz circular o vinho por serpentinas aquecidas a uma temperatura que varia entre os 35º e 50º C.

Foto: Vinhomadeira.pt

winelicious
dev@winelicious.pt