É consensual na sociedade ocidental que consumir uma ou duas taças de vinho por dia não tem efeitos prejudiciais à saúde, salvo excepções pontuais. Assim, podemos depreender algumas premissas que pautam o consumo de vinho, a saber:

  • O vinho é uma bebida alcóolica pelo que seu consumo moderado é indicado para adultos saudáveis – não recomendado para portadores de certos tipos de doenças ou que associem a ingestão desta bebida ao consumo excessivo;
  • Tenha em mente que esta é uma bebida saudável apenas quando ingerida com moderação. Desta forma, o consumo moderado é saudável e inclusivamente recomendado como forma de combater algumas doenças – pesquisas de diferentes países apontam que o vinho é um aliado para o sistema cardiovascular, digestivo, imunológico e nervoso.
  • Consumir vinho de maneira moderada e lenta permitirá ao consumidor desfrutar todo o potencial organoléptico da bebida. Isto é, desfrutar verdadeiramente dos seus aromas, sabores e nuances cromáticas.
  • Não é aconselhável beber vinho com o estômago vazio: o vinho é ideal para acompanhar as refeições, embora possa anteceder os banquetes em doses pequenas como aperitivo.

Aprecie com moderação!!

Assinatura Natália