“casta”

DSC_0511

O termo “casta” é utilizado no léxico do vinho para designar as videiras que apresentam um conjunto de características comuns, podendo também ser empregue o termo “variedade”. Existe uma ampla diversidade de castas mundo a fora, umas mais conhecidas que outra. Estas podem ser brancas, rosadas ou tintas. Podem ter uma baixa ou elevada produção, apresentar alto teor de açúcar ou não, serem mais ou menos ácidas ou ainda mais ou menos resistentes ao calor e aos ventos. Tem aquelas que são adequadas para a elaboração de vinhos enquanto outras se destinam à produção de uva de mesa. Dentre as viníferas (aconselhadas para…

vinhao

A casta Vinhão é originária do Minho, mas esta é amplamente cultivada na região do Douro, onde é conhecida como Sousão. Apresenta cachos de tamanho médio com bagos médios e uniformes de cor negro-azulada, originando vinhos negros, bem escuros, opacos, fechados e pouco penetráveis à luz. Essa alta capacidade tintureira se tornou um grande atractivo no Douro, devido à necessidade se extrair rapidamente a cor para o Vinho do Porto. Esta é a casta tinta de maior expressão na região do Vinho Verde, proporcionando vinhos rústicos saborosos e de acidez acentuada.

merlot

A Merlot é uma casta de uva tinta, uma das castas viníferas mais cultivadas no mundo. Esta apresenta um elevado rendimento e possibilita elaborar vinhos encorpados, ricos em cor e álcool, normalmente pouco ácidos. Actualmente, é amplamente difundida e possui um grande prestígio, mas no passado já foi vista apenas como a outra tinta de Bordeaux, tendo a Cabernet Sauvignon mais projeção. Com o incremento da produção do Novo Mundo Vitivinícola, a Merlot começou a ganhar atenção e a ser utilizada ao redor do globo na elaboração de vinhos finos de qualidade. Os seus aromas são complexos e elegantes. Entre os aromas típicos, podemos destacar: frutados (morango,…